Desenvolvimento das capacidades motoras

desenvolvimento das capacidades motoras

Quais são as capacidades motoras?

Podemos então afirmar que, de um modo geral, as capacidades motoras são características individuais e inatas, que podem ser sujeitas a um desenvolvimento, e que, em conjunto, determinam a aptidão física de um indivíduo.

Qual é o maior grau de desenvolvimento de uma capacidade motora?

É preciso considerar o facto de que o maior grau de desenvolvimento de uma capacidade motora específica (força, resistência, velocidade, etc.) pode somente ser alcançado se as outras forem também desenvolvidas a um certo nível. Por isso, o desenvolvimento de todas as capacidades motoras deve ser harmonioso.

Quem inventou as capacidades motoras?

A expressão “capacidades motoras” foi utilizada pela primeira vez por Gundlach, na República Democrática Alemã, em 1972.

Quais são as capacidades motoras a considerar para uma boa condição física?

As mais importantes capacidades motoras a considerar para uma boa condição física são as seguintes: Destreza. Como é do conhecimento de todos, estas capacidades são distintas entre si, assim existe um trabalho diferente para cada uma delas e a facilidade ou dificuldade de atingir o seu objectivo será diferente.

Como deve ser o desenvolvimento das capacidades motoras?

Por isso, o desenvolvimento de todas as capacidades motoras deve ser harmonioso. O desenvolvimento das capacidades motoras não é linear, existindo períodos mais ou menos propícios denominados fases sensíveis.

Quais são as capacidades motoras coordenativas?

Capacidades motoras coordenativas. São essencialmente determinadas pelos processos de controle motor e regulação do sistema nervoso central, constituindo-se portanto na base para a aprendizagem, execução e domínio dos gestos técnicos. Na literatura, encontram-se divisões como: Capacidade de diferenciação; Capacidade de equilíbrio;

Quem inventou as capacidades motoras?

A expressão “capacidades motoras” foi utilizada pela primeira vez por Gundlach, na República Democrática Alemã, em 1972.

Qual a diferença entre qualidade física e motora?

refere-se às qualidades inatas, isto é, que nascem com o indivíduo (é determinado geneticamente, como um talento, um potencial; Exemplos: força, resistência, flexibilidade, etc.. O termo “física” é substituído pelo termo “motora”, de forma a ampliar o grupo das capacidades a todas as que dizem respeito ao movimento.

Como deve ser o desenvolvimento das capacidades motoras?

Por isso, o desenvolvimento de todas as capacidades motoras deve ser harmonioso. O desenvolvimento das capacidades motoras não é linear, existindo períodos mais ou menos propícios denominados fases sensíveis.

Quais são os tipos de capacidades motoras?

As capacidades motoras podem dividir-se, fundamentalmente, em três tipos: Capacidades Condicionais:que se relacionam com processos de energia, como a Resistência e a Força. Capacidades Coordenativas:que se relacionam com processos de controlo de movimentos. Como a Reacção Motora, do Equilíbrio e da Coordenação.

Quais são as capacidades motoras a considerar para uma boa condição física?

As mais importantes capacidades motoras a considerar para uma boa condição física são as seguintes: Destreza. Como é do conhecimento de todos, estas capacidades são distintas entre si, assim existe um trabalho diferente para cada uma delas e a facilidade ou dificuldade de atingir o seu objectivo será diferente.

Quais são as capacidades motoras coordenativas?

Capacidades motoras coordenativas. São essencialmente determinadas pelos processos de controle motor e regulação do sistema nervoso central, constituindo-se portanto na base para a aprendizagem, execução e domínio dos gestos técnicos. Na literatura, encontram-se divisões como: Capacidade de diferenciação; Capacidade de equilíbrio;

Postagens relacionadas: