Casa aberta setubal

casa aberta setubal

Qual é o concelho de Setúbal?

O concelho de Setúbal faz parte da Área Metropolitana de Lisboa. A península de Troia, pertencente ao município de Grândola, situa-se em frente da cidade de Setúbal, entre o estuário do Sado e o litoral do Oceano Atlântico . 1.3 Da Reconquista cristã aos finais do séc. XVI

Como era a população em Setúbal?

Entre eles poderemos enunciar os bairros da Camarinha, Casal das Figueiras, Liceu, Viso, Peixe Frito e Montalvão. De acordo com os censos de 2011, o município de Setúbal tinha uma População em idade ativa de 58,514 pessoas, entre as quais 15.6% estavam desempregadas.

Quando foi inaugurado o Museu da cidade de Setúbal?

Rituais e Celebrações Públicas da Assistência em Setúbal : Final da Monarquia Constitucional à Inauguração do Museu da Cidade (1893-1961). Dissertação de mestrado em História Moderna e Contemporânea apresentada ao ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa em 2010.

Qual é a origem do nome Setúbal?

Desconhece-se a origem do topónimo Setúbal. No entanto existe a tese de que o nome da cidade resultou da cisão de dois nomes bíblicos: Sete (3º filho de Adão) e Tubal (neto de Noé). A tese parece ser da autoria do historiador da época filipina Frei Bernardo de Brito.

Qual é o distrito de Setúbal?

O distrito encontra-se incluído na região do Alentejo e na Área Metropolitana de Lisboa. Relativamente a sub-regiões, a sub-região do Alentejo Litoral inclui 4 concelhos, e os restantes pertencem á Área Metropolitana de Lisboa. Em Junho de 2021 o governo havia anunciado que iria fazer a península de Setúbal uma sub-região NUT III.

Quais são as freguesias de Setúbal?

O concelho é montanhoso nas freguesias de Azeitão e de Setúbal, nesta última no território correspondente à antiga freguesia de Nossa Senhora da Anunciada, áreas onde se situam parte das serras da Arrábida, de S. Luís e S. Francisco.

Qual é a origem do nome Setúbal?

Desconhece-se a origem do topónimo Setúbal. No entanto existe a tese de que o nome da cidade resultou da cisão de dois nomes bíblicos: Sete (3º filho de Adão) e Tubal (neto de Noé). A tese parece ser da autoria do historiador da época filipina Frei Bernardo de Brito.

Quais são as principais características de Setúbal?

Do repertório da doçaria tradicional da região de Setúbal fazem parte as queijadas, as tortas, e os esses de Azeitão — biscoitos com a forma da letra S, feitos com farinha, açúcar, margarina, ovos e canela. De Setúbal destacam-se também os barquilhos de casca de laranja, confeccionados a partir de laranjas produzidas na região.

Quais são as características do Museu de Setúbal?

O Museu de Setúbal / Convento de Jesus apresenta coleções relacionadas com arte, história, arqueologia e numismática. Ao nível artístico sobressaem as coleções de pintura, sobretudo a do século XVI, escultura sacra, ourivesaria, azulejaria e outras artes decorativas.

Quem é a escultora do Museu de Setúbal?

O Museu possui ainda uma segunda escultura (“Positivo/Negativo”, 1999) de Luísa Perienes, escultora natural de Setúbal (n. 1956), doutorada em Belas-Artes, professora na Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa.

Quem fez a impressão do Museu de Setúbal?

O Museu Calouste Gulbenkian também possui uma impressão na sua coleção. O exemplar do Museu de Setúbal foi oferecido pelo artista em 2005, com dedicatória (no reverso) ao Museu, após a exposição de 2004 nos museus municipais.

Por que o mundo está presente nos museus e galerias do concelho de Setúbal?

O mundo está presente nos museus e galerias do concelho, porque Setúbal é ela própria um mundo a descobrir. Além do apelo estético do monumento, bem patente no centro da cidade, na Praça Miguel Bombarda, o Convento e a Igreja de Jesus constituem verdadeiros marcos na história arquitetónica portuguesa, assinalando o início do estilo manuelino.

Postagens relacionadas: