Restaurante chines parque das nações

restaurante chines parque das nações

Onde fica o restaurante do Parque das Nações?

Existem duas pizzarias Cappriciosa em Lisboa, ambas com esplanadas junto ao rio (a outra fica nas Docas de Santo Amaro). Esta no Parque das Nações é uma boa escolha antes de um espetáculo no Altice Arena ou depois de uma visita ao Oceanário. As opções são pizzas feitas num forno a lenha, saladas e massas.

Por que o Parque das Nações está a crescer?

O Parque das Nações está a crescer muito graças à quantidade de empresas que poisaram por ali – são assim os lisboetas que ganham com novos e espaçosos restaurantes a nascer no lugar a que já chamámos Expo. Bons velhos tempos.

Quem é o pizzaiolo do Parque das Nações?

O L’Origine abriu no Parque das Nações pelas mãos do pizzaiolo Roberto Mezzepelle e Chakall, ambos sempre com Itália ao peito e no prato. Há entradas obrigatórias como as focaccias e bruschettas, as burratas e os carpaccios – prove o di manzo com carne de boi.

Quais são os principais pratos da China?

Na China é a grande sensação e tem mais de 50 espaços – na Europa este é o primeiro. O prato principal é o pato à Pequim e há todo um ritual de preparação. Se não gostar de pato, nada tema: a ementa tem 50 páginas, com pratos de várias carnes, peixes, mariscos e sobremesas.

Como é o Parque das Nações?

Restaurantes e bares servem de conforto e porto de abrigo para o que de mais chegado Lisboa tem a um mundo de aventuras. O Parque das Nações foi pensado assim: um lugar onde ser português à solta é a mais feliz das virtudes.

Por que o Parque das Nações é tão importante para a cidade de Lisboa?

A região inteira no Parque das Nações foi projetada para ser apreciada e bem utilizada pelo público, portanto, a locomoção é bem fácil. A chegada ao bairro, na estação Oriente em Lisboa (estação de trem, metrô e ônibus no mesmo lugar), já faz parte do roteiro.

Por que o Parque das Nações está a crescer?

O Parque das Nações está a crescer muito graças à quantidade de empresas que poisaram por ali – são assim os lisboetas que ganham com novos e espaçosos restaurantes a nascer no lugar a que já chamámos Expo. Bons velhos tempos.

Quem é o pizzaiolo do Parque das Nações?

O L’Origine abriu no Parque das Nações pelas mãos do pizzaiolo Roberto Mezzepelle e Chakall, ambos sempre com Itália ao peito e no prato. Há entradas obrigatórias como as focaccias e bruschettas, as burratas e os carpaccios – prove o di manzo com carne de boi.

Postagens relacionadas: