Ataque vodafone

ataque vodafone

Quais são os serviços afetados pelo ataque cibernético da Vodafone?

Bancos, INEM, corporações de bombeiros, unidades de saúde como o Centro Hospitalar Universitário do Porto, mas também alguns multibancos do país, e ainda o Instituto Português do Mar e da Atmosfera foram alguns dos serviços afetados na sequência do ataque cibernético de que foi alvo a Vodafone Portugal na noite de segunda-feira, 7 de fevereiro.

Quais as consequências da disrupção na rede da Vodafone?

... A Vodafone foi alvo de uma disrupção na rede, iniciada na noite de 7 de fevereiro de 2022 devido a um ciberataque. A situação está a afetar a prestação de serviços baseados em redes de dados, nomeadamente rede 4G/5G, serviços fixos de voz, televisão, SMS e serviços de atendimento voz/digital.

Quais são os principais ataques informáticos com a saúde em Portugal?

A Vodafone é a mais recente vítima de um ciberataque em Portugal, mas nos últimos seis anos contam-se vários ataques informáticos com a saúde entre os alvos, embora grande parte dos casos não seja de conhecimento público. telecomunicações. PJ investiga ataque informático à Vodafone telecomunicações.

Por que a Vodafone Portugal está alvo de ciberataque?

Fique a par dos primeiros esclarecimentos da DECO. A Vodafone Portugal foi alvo de um ciberataque na segunda-feira, afirmando que não tem indícios de que os dados de clientes tenham sido acedidos e/ou comprometidos, e estando a reunir todos os esforços para repor a normalidade dos serviços.

Qual é a origem do ataque cibernético?

No entanto, a origem do ataque cibernético ainda é desconhecida. Mário Vaz disse que a Vodafone está “colaborando com as autoridades, com a polícia judiciária, que está investigando o caso. “Até agora” não houve nenhum “pedido de resgate”, disse ele.

Qual foi o alvo mais recente de ataque cibernético em Portugal?

A Vodafone foi o alvo mais recente de ataque cibernético em Portugal, sucedendo o grupo IMPRESA. Em questões de cibersegurança não está (quase) nada nas nossas mãos, tirando pequenas coisas que podem fazer a diferença. A Vodafone foi o alvo mais recente de ataque cibernético em Portugal, sucedendo o grupo IMPRESA.

Quais foram os ataques informáticos mais mediáticos em Portugal?

Este ano, Portugal teve alguns casos de ataques informáticos mais mediáticos, como o que sofreu o grupo Impresa (Sic, Opto, Expresso) no início de 2022 ou a Vodafone e o grupo Germano de Sousa na semana passada.

Qual a tendência de aumento do número de ataques informáticos em Portugal?

A nível mundial, esse mesmo aumento no número de ataques informáticos foi na casa dos 93% e com tendência a continuar a aumentar. De forma simples, a Check Point explicou-nos que “em Portugal, no espaço de um ano, o número de organizações impactadas por ransomware duplicou”.

Quais são os ataques informáticos mais perigosos?

Apesar do ransomware ser o tipo de ataque informático mais presente e, sem dúvida, um dos mais perigosos, não é o único presente no mercado. A Check Point esclarece que “para além do ransomware, os ataques em cadeia representam um grande perigo atualmente para as organizações”.

Quais são os países mais afetados por ataques informáticos?

Segundo o relatório semestral da empresa de cibersegurança S21sec, os EUA, o Reino Unido e o Canadá são os países mais afetados por este tipo de ataques informáticos.

Postagens relacionadas: