Farmácias portuguesas

farmácias portuguesas

Qual é a receita brasileira da farmácia em Portugal?

A receita brasileira é válida na maioria das farmácias em Portugal e, caso não encontre o mesmo nome, encontrará medicamentos com fórmulas equivalentes, como já mostramos. Leia também o artigo que fizemos as livrarias em Portugal que entregam no Brasil. Precisa enviar dinheiro para outro país?

Como aderir ao cartão farmácias portuguesas?

A adesão ao Cartão Farmácias Portuguesas pode ser feita através do preenchimento do formulário de adesão disponível em todas as Farmácias aderentes ou na área Aderir ao Cartão. Como se reconhece uma Farmácia aderente? As Farmácias aderentes exibem a marca Farmácias Portuguesas (uma nova Cruz Verde e nova decoração de montra).

Qual a importância das farmácias ao longo dos 40 anos?

Claro que se fizeram disparates, são 40 anos de história. Mas há feitos extraordinários que não são reconhecidos ou sequer conhecidos porque há um grande preconceito em relação à ANF. Julgo que, de um modo geral, não se tem noção da real importância que as farmácias tiveram ao longo destes 40 anos.

Qual a diferença entre Remédios em Portugal e no Brasil?

A primeira e grande diferença entre os remédios em Portugal e no Brasil está nos preços. Em Portugal, os medicamentos são considerados itens básicos e a população só paga IVA sobre eles, um imposto único.

Como funcionam as farmácias em Portugal?

Como funcionam as farmácias em Portugal: o funcionamento das farmácias de serviço é o aspecto que mais desagrada aos utentes. A farmácia é o único local onde podemos comprar medicamentos, para além de que é frequente ser um local de recurso em situações de urgência.

Por que a farmácia é o único local onde podemos comprar medicamentos?

A farmácia é o único local onde podemos comprar medicamentos, para além de que é frequente ser um local de recurso em situações de urgência. O actual modo de funcionamento das nossas farmácias, assim como as perspectivas de melhoramento dos seus serviços foram alvo de um estudo do qual lhe damos conta.

Quando o farmacêutico deve vender o medicamento?

É também comum o farmacêutico vender o medicamento perante uma promessa por parte do utente de que apresentará, mais tarde, a receita, se bem que isto não iliba o farmacêutico nem o utuente da responsabilidade.

Quais remédios podem ser comprados sem receita médica em Portugal?

Muitos são os remédios que podem ser comprados sem receita médica em Portugal, conhecidos por Medicamentos Não Sujeitos a Receita Médica – MNSRM Anticoncepcionais, ibuprofeno, analgésicos em geral não necessitam de prescrição para serem adquiridos.

Mas mesmo estando de perfeita saúde, pode por vezes recorrer a uma farmácia para adquirir um suplemento alimentar, contracetivos, produtos para o seu bebé, etc. Sabia que pode acumular pontos com essas compras para mais tarde trocar por serviços farmacêuticos e produtos de saúde e bem-estar?

Como surgiu a farmácia?

Somente em 1931, a profissão de farmacêutico foi finalmente regulamentada, passando a ser exercida apenas por profissional diplomado em instituições de ensino oficialmente reconhecidas. O estabelecimento que hoje, denomina-se “Farmácia” é considerado uns dos mais antigos da humanidade.

Quando é comemorado o dia do farmacêutico?

Dia 20 de janeiro é comemorado o Dia do Farmacêutico, data não-oficial, mas que compactua com a fundação da Associação Brasileira de Farmacêuticos (ABF), no ano de 1916, no Rio de Janeiro. Muitas pessoas confundem o profissional da farmácia como dono de drogaria ou atendente deste tipo de comércio.

Quais as principais atribuições para o farmacêutico no futuro?

A atuação clínica do farmacêutico nas farmácias também tem reflexos positivos para a saúde pública, uma vez que contribui para a obtenção dos melhores resultados no tratamento farmacoterapêutico, diminuindo, com isso, os riscos relacionados ao uso inadequado do medicamento.

Quais são as atuações do profissional da Farmácia?

Segundo o CFF, foram relacionadas mais de 70 atuações para o profissional da farmácia. Entre elas, podemos citar a própria indústria farmacêutica, a de cosméticos, fiscalização sanitária, hospitais e auditoria em saúde.

Postagens relacionadas: